• Grupo
  • Página

© 2016-2019 por "MOTOSPOT NEWS"

ONE SHOT - 1983, 200 Milhas de Daytona

As 200 Milhas de Daytona de 1983 disputaram-se sob um regulamento técnico da AMA (a federação de motociclismo norte-americana) que admitia protótipos de 750cc e a que chamavam Formula 1. As YAMAHA superaram a concorrência e Kenny Roberts (2) venceu à frente de Eddie Lawson (21). As motos eram derivadas das 500cc de GP mas com a cilindrada aumentada até ao limite regulamentar. Esta circunstância originava performances brutais, sujeitas aos limites tecnológicos dos pneus. Durante a corrida, Roberts chegou a entrar nas boxes, suspeitando que tinha um pneu furado, verificou que o pneu estava em condições apesar das inerentes limitações, com esta operação perdeu 20s que, ainda assim, conseguiu recuperar!

Mais tarde, os pilotos disseram:

- Kenny Roberts: "a verdade é que aquelas OW69 pouco tinham a ver com a GP 500, os seus motores não eram 680cc, como se chegou a dizer, eram autenticos 750cc com todos os ingredientes, é também certo que, nas últimas voltas, quando eu e o Eddie fizemos os melhores tempos, alcançamos as 210mph (337km/h) quase sem pneus, aguentado-nos como podiamos".

- Eddie Lawson: "saímos forte com a HONDA de fábrica, tripulada por Steve Wise, em perseguição, impusemos um ritmo muito rápido. A nossa dúvida era se os DUNLOP aguentariam. De facto os pneus sofriam grande deformação no final da reta, as vibrações eram tão fortes que tinhamos que antecipar a travagem e alterar a trajectória, sem este constrangimentos não sei que velocidade teriamos alcançado!"

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

diminuido logo 02.png