• Grupo
  • Página

© 2016-2019 por "MOTOSPOT NEWS"

A minha primeira moto!

July 24, 2019

 

Esta foto, sentado na minha primeira moto, uma YAMAHA YDS3 250cc, trás-me à memória o caminho, pouco convencional, que percorri para atingir o meu objetivo nas corridas.

 

Foi a primeira e única moto de estrada que possuí (embora anteriormente tivesse tido uma 50cc), era uma máquina magnifica que me ajudou a desenvolver as capacidades de condução que necessitava antes de progredir para as pistas.

 

Comprei-a quando tinha 21 anos e utilizei-a como transporte diário para além de, um ano depois de a ter adquirido, me ter servido para me iniciar na competição.

 

Inicialmente participei em rampas de âmbito local e, posteriormente, avancei para as corridas de produção no Circuito Roy Hesketh.

 

Durante 3 anos poupei o dinheiro suficiente para adquirir uma YAMAHA TD2, por isso a minha tão desejada entrada nos nacionais só aconteceu quando eu tinha 24 anos.

 

A primeira moto de corrida de Jon, a YAMAHA TD2

 

Perdi praticamente toda a minha primeira temporada quando o meu atrelado e a minha moto ficaram totalmente destruídos num acidente de automóvel quando me deslocava para uma corrida na Rodésia.

 

Posteriormente perdi outros 14 meses devido a uma séria lesão quando competia no SATT de 1973.

Finalmente, em 1975, quando decidi ir para a Europa para competir no Campeonato do Mundo de Velocidade eu era um “veterano” de 28 anos com uma experiência muito limitada. Deverão concordar que não era uma situação ideal!!!

 

 

Realisticamente, a minha idade associada à minha nacionalidade sul-africana, numa época em que o sentimento anti-apartheid estava no auge, virtualmente garantiam que era praticamente impossível conseguir o interesse das equipas de fábrica. Tive que me conformar ao que me estava destinado, ia ser “one man band”!

 

Na perspetiva de um espetador poderá ter parecido uma aposta muito arriscada, mas mesmo nessa altura eu acreditava que, de alguma forma, iria alcançar o meu objetivo.

 

O otimismo, que característica maravilhosa da juventude. Se é jovem, não perca um segundo, aproveite o seu otimismo, pois é o bem mais valioso que jamais terá!

 

 

Este texto foi publicado por Jon Ekerold (Campeão do Mundo de Velocidade, classe 350cc em 1980) no Facebook, é aqui traduzido e publicado com a sua gentil e honrosa permissão. 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

diminuido logo 02.png