top of page

Aureliano Barrigas (1893-1948), o ideólogo do Circuito de Vila Real

Texto: Luís Cardoso

Fotos e fontes de informação: Elísio Amaral Neves

Aureliano Barrigas, cerca de 1920 - coleção Fernando Manuel Machado de Sousa Botelho


Aureliano Barrigas é, desde que me lembro, reconhecido como o ideólogo, criador, do Circuito de Vila Real.


Embora o seu nome seja familiar aos vila-realenses, não são do conhecimento geral detalhes da sua vida.


Devido ao trabalho exaustivo de Elísio Amaral Neves, existe hoje fonte fidedigna de informação acerca desta interessante personalidade.


Foi um "renascentista" no sentido da grande abrangência dos seus conhecimentos e interesses.


Cartoon de Aureliano Barrigas publicado, como era habitual no jornal "O Comércio do Porto", neste caso a 12 de Dezembro de 1925 - coleção Fernando Manuel Machado de Sousa Botelho


Vivendo financeiramente de forma desafogada, filho de um médico militar e descendente de proprietários rurais abastados, Aureliano dividiu a sua atenção por áreas tão diversas como a caricatura, a criação de linhas gráficas, o polemismo jornalístico, a fotografia, a escrita de livros técnicos, a criação técnica, a saúde, o motociclismo, o automobilismo, a promoção de Vila Real e, claro, a criação do Circuito de Vila Real.


O plano do Circuito de Vila Real - publicado na revista do ACP nr. 10/1931, cartaz das Festas da Cidade de Vila Real, 1939, desenho de Aureliano Barrigas - coleção de Elísio Amaral Neves, bilhete de sorteio, 1936 - coleção de Elísio Amaral Neves e selos de propaganda do I Circuito de Motos de Vila Real, 1934 - coleção de Elísio Amaral Neves


Na criação do Circuito de Vila Real estiveram, naturalmente, envolvidas outras personalidades e, para além de muitos outros, não seria justo deixar de referenciar Luís Taboada, Emídio Roque da Silveira e Emílio de Sousa Botelho.


No que diz respeito á matéria deste website, é interessante verificar que Aureliano foi um pioneiro do motociclismo, desde 1910 terá possuído várias motos, algumas com sidecar, de marcas tão diversas como INDIAN, ALCION, CONDOR, FN e WANDERER.


No prelúdio do Circuito de Vila Real, teve a primeira edição, automóvel, em 1931, existiram várias iniciativas desportivas no campo do automobilismo e motociclismo, gincanas e provas com percursos entre povoações, no motociclismo: "Ficou famosa uma que foi designada por "Circuito de Trás-os-Montes", que teve lugar por ocasião do I Congresso Trasmontano (7 a 16 de Setembro de 1920). O seu percurso compreendeu Vila Real - Balsa - Ponte de Parada (por Sabrosa) - Vila Real, na distância de 60 km, e nela participaram Emílio Botelho, José da Cunha Pinto e Aureliano Barrigas, em "Fortes"; e Luís Taboada, José Augusto Taboada e José de Morais Serrão, em "Fracos". Em "Fortes", a vitória coube a José da Cunha Pinto, no tempo de 1 hora e 4 minutos, e o segundo lugar a Emílio Botelho, no tempo de 1 hora e 20 minutos. Na categoria de "Fracos" venceu Luís Taboada, seguido de seu irmão José Augusto Taboada." in "Aureliano Barrigas e o automóvel" de Elísio Amaral Neves. Não consigo descortinar o que diferenciava as categorias "Fortes" e "Fracos", as características técnicas das motos ou a habilitação dos pilotos!?...


José de Morais Serrão, um dos participantes na categoria "Fracos" segundo caricatura desenhada por Aureliano Barrigas - coleção António Cândido Taboada


No campo do motociclismo, deve ainda referir-se o livro que Aureliano escreveu na década de 1920: "A Motocicleta, sua estrutura, manutenção, conserto".


Desenhos de Aureliano Barrigas que integram o livro "A Motocicleta, sua estrutura, manutenção, conserto"


O Circuito de Vila Real teve a sua primeira edição automóvel em 1931 e nas motos em 1934.


II Circuito de Vila Real - Motos 1936, o nr. 5, com a camisola do Sport Clube de Vila Real é Joaquim Augusto Alves Maio Marquez - coleção Celso Augusto Roseira Maio


É uma curiosidade já muito conhecida o facto de, como forma de financiar o lançamento do Circuito de Vila Real, foi lançado um imposto municipal de $40 (cerca de 2/1000 de um €) sobre cada quilo de carne, a que todos os comerciantes e habitantes da cidade aderiram com satisfação.


O apogeu, na minha opinião, do Circuito de Vila Real terá sido, no século passado, nos finais dos anos 60 e inícios dos anos 70 para o automobilismo e na década de 80 para o motociclismo.


Aureliano tem, portanto, o mérito e a visão de ter criado aquela que, também na minha opinião, é a maior característica distintiva do Concelho de Vila Real!


 






Este artigo não seria possível sem a prestimosa colaboração do Comendador Elísio Amaral Neves que, ao longo da vida, tem sido um destacado promotor cultural da cidade de Vila Real e que, ao publicar o trabalho "Aureliano Barrigas e o automóvel" me permitiu esboçar este pequeno texto que liga de forma clara o fundador do Circuito de Vila Real ao motociclismo.

Obrigado






 

Cerca de 1910, Aureliano Barrigas em pose sobre uma moto com pedais auxiliares, como era habitual nessa época e uma nota de despesa relativa ao negócio com motos!



PUB




Uma demonstração clara do caráter multifacetado de Aureliano Barrigas é este pedido de patente, pedido datado de 23 de Julho de 1934 e concedido em 1935, que pretende solucionar o esvaziamento das câmaras de ar em andamento ou quando paradas, mesmo que furadas: "Auto-alimentador pneumático "Barrigas"" . Muitos anos á frente das atuais soluções!!!...

Yorumlar


bottom of page