John Surtees, a excepção!

Atualizado: 28 de jun.


John Surtees em MV AGUSTA

Não é raro pilotos de motociclismo passarem para o automobilismo, normalmente isto acontece numa fase de pré-reforma, talvez por esta razão os resultados, normalmente, não correspondem às expectativas.


John Surtees, nascido a 11 de Fevereiro de 1934 no Reino Unido, é a grande excepção, foi Campeão do Mundo de Motociclismo de Velocidade nas 500cc e Campeão do Mundo de Automobilismo na F1.


As motos

Inicialmente participou em provas de Sidecar (como passageiro do seu pai), nessa altura, foram desclassificados quando descobriram que era menor de idade!...


John Surtees como passageiro do seu pai num sidecar VINCENT

John Surtees em NORTON

Com 15 anos começou a correr em Grasstrack e aos 16 anos começou a trabalhar como aprendiz na VINCENT.


Em 1951 deu nas vistas ao dar grande réplica a Geoff Duke, a estrela da época, numa prova nacional em Thruxton.


No período entre 1952 e 1960 participou regularmente no Campeonato do Mundo de Velocidade (nas classes 125cc, 250cc, 350cc e 500cc).


Utilizou EMC, NORTON, NSU, BMW e, finalmente, MV AGUSTA (a marca com que conquistou 7 títulos).


Em 1955 passou a ter o estatuto de piloto de fábrica da NORTON e bateu Duke em duas provas: Silverstone e Brands Hatch.


Os problemas financeiros da marca inglesa levaram-no a aceitar uma proposta da MV AGUSTA, onde ganhou a alcunha de "son of the wind".



PUB



Foi Campeão do Mundo em 1956 (500cc) e em 1958, 1959 e 1960 (nestas três temporadas foi Campeão do Mundo nas 350cc e as 500cc em simultâneo).


Entre 1958 e 1960 venceu 32 das 39 corridas do Mundial em que participou e foi o primeiro piloto a ter ganho a classe maior (senior TT) na Ilha de Man em três anos consecutivos.


Durante a época de 1960 começou a participar na F1 e em 1961 passou definitivamente para os automóveis.



Os automóveis

Participou no Campeonato do Mundo de F1 entre 1960 e 1972 de forma ininterrupta.


Tripulou automóveis de vários construtores, por ordem cronológica, LOTUS, COOPER, LOLA, FERRARI, HONDA, BRM, MCLAREN e por fim a marca que criou, a SURTEES.


Foi Campeão do Mundo em 1964 com um FERRARI 158 e, em 1966, foi Vice-Campeão, numa temporada em que disputou 2 GPs com um FERRARI 218 e os restantes (7 GPs) com um COOPER T81.

Em paralelo com a F1, desenvolveu uma carreira desportiva nos Protótipos e nas Séries Can-Am



PUB



SURTEES Racing Organisation

Em 1970, John Surtees criou a sua própria estrutura e carros seus, SURTEES, participaram na F1, F2 e F5000.


As suas últimas participações desportivas foram a bordo de um automóvel da sua marca em 1972, no mesmo ano Mike Hailwood, outro ex-Campeão das motos, foi Campeão Europeu de F2 aos comandos de um SURTEES.



A aventura durou até 1978, embora com alguns sucessos, a permanente falta de recursos financeiros acabou por ditar o abandono do projecto.



Pelo caminho, fica, entre outras, a curiosa história de, em 1976, a SURTEES competir na F1 com um carro pilotado por Alan Jones e patrocinado pela marca de preservativos DUREX, por este facto a televisão inglesa recusou-se a transmitir as provas de F1 esse ano...


1976, apresentação do SURTEES F1, John Surtees com a Miss Inglaterra, Vicki Harris

Entretanto

Após a aventura da SURTEES, John dedicou-se a algumas experiências comerciais e participou em diversos "meeting" vintage de motos e automóveis, usufruindo da sua condição de ter sido o mais antigo, sobrevivente, Campeão do Mundo de F1, após Jack Brabham ter falecido - 19.05.2014 e até à data do seu desaparecimento: 10.03.2017 com 83 anos de idade, e, em simultâneo de 500cc/MOTOGP (depois de Geoff Duke ter falecido em 01.05.2015), lhe permitiu.