DORNA, 28 anos com o Campeonato do Mundo de Velocidade


Wayne Rainey, YAMAHA, Campeão do Mundo de Velocidade 500cc

Wayne Rainey, YAMAHA, Campeão do Mundo de Velocidade 500cc

Luca Cadalora, HONDA, Campeão do Mundo de Velocidade 250cc e Alessandro Gramigni, APRILIA, Campeão do Mundo de Velocidade 125cc

Em 2019 completaram-se 28 anos da intervenção da DORNA no Campeonato do Mundo de Velocidade.


Na era pré-DORNA, de 1949 até 1991 inclusive, o CMV atingiu um grande nível de popularidade, ainda assim o nível da promoção e comunicação não acompanhou o crescendo de popularidade. A exigência de segurança e o nível de custos que essa e outras exigências implicavam, tornava necessária uma abordagem mais profissional.


A DORNA Sports é uma empresa, fundada em 1988 com sede social em Madrid, com o objectivo de actuar no marketing desportivo.


Foi feito um acordo que envolveu a DORNA, a FIM (Fédération Internationale de Motocyclisme), a IRTA (International Road Racing Teams Association) e a MSMA (Motorcycle Sports Manufacturers' Association). A intenção foi passar a obrigação comercial e de marketing do campeonato para a DORNA que, como contrapartida fica obrigada a promover e dotar dos meios necessários a estrutura do campeonato. Lamentávelmente, por exigência da DORNA, a classe dos Sidecar foi abolida do CMV.


Para o público, a face mais visível da DORNA são as transmissões das corridas e só se pode dizer que, a este nível, a DORNA atingiu a excelência.


Os primeiros campeões da era DORNA foram Wayne Rainey (500cc), Luca Cadalora (250cc) e Alessandro Gramigni (125cc).


Antes da DORNA entrar no jogo, o "Continental Circus" (como era conhecido o paddock) era muito menos profissional ainda que, também, muito mais poético. Hoje, atingiu-se um nível de profissionalismo e, também, um nível de competitividade que estão a uma enorme distância da era pré-DORNA.


Na actualidade a empresa está cada vez mais focada na promoção do motociclismo de velocidade e no seu portfólio, para além do MOTOGP, têm direitos nas SBK, CEV REPSOL, RED BULL ROOKIES CUP e ASIA TALENT CUP.


Este post foi actualizado em 2019.04.25

Carmelo Ezpeleta, CEO da DORNA

diminuido logo 02.png