SUZUKI TR750 "Flexi-Flyer"


Sheene aos comandos da TR750

A SUZUKI TR750 foi o resultado da adaptação para competição da SUZUKI GT 750, 2T, 3 cilindros, a primeira SUZUKI de grande cilindrada que, pelo facto de ter refrigeração liquida, recebeu a alcunha: “The Kettle”, a chaleira, alcunha que na a moto de corrida passou a ser “Water Buffalo”! Tal como outras 750cc, 2T, de estrada da mesma época, a TR750 tinha uma reputação de ter prestações espantosas e um comportamento dinâmico que deixava bastante a desejar. A alta velocidade, as primeiras TR, torciam-se tanto que os pilotos a baptizaram de “Flexi-Flyer”.


Sheene em acção na TR750, Daytona em 1975, pintura de Selgey Kattvinsky

Pode ter sido assustadora, mas, em 1973, a TR foi suficientemente boa para levar Barry Sheene á conquista do seu primeiro título internacional na edição inaugural do Troféu FIM Formula 750cc. Dois anos mais tarde, Sheene esteve a ponto de morrer noutra TR, quando o seu pneu traseiro se desintegrou a 260km/h, em Daytona. Nessa fase da história das corridas de motos, os fabricantes lutavam para conseguir pneus que suportassem a velocidade que estas motos atingiam.


O finlandês Teuvo Lansivuori com a TR750

Barry Sheene, no momento em que ficou sem pneu e durante a fantástica recuperação que o levou a competir ao fim de 6 semanas, Daytona 1975.


Suzuki TR750 XR11



SUZUKI GT750

diminuido logo 02.png
  • Grupo
  • Página

© 2016-2020 por "MOTOSPOT Classic"