• Grupo
  • Página

© 2016-2019 por "MOTOSPOT NEWS"

As regras americanas (200 Milhas de Daytona - 1974)

August 6, 2019

 

Nos anos 70, nos Estados Unidos da América, a American Motorcyclist Association (a federação que tutela o motociclismo do outro lado do Atlântico), por forma a evitar que as equipas de fábrica utilizassem motos muito caras que desequilibrassem demasiado as performances do plantel, criou uma regra cuja intenção era a contenção de custos.

 

Assim, a moto vencedora em cada corrida poderia, se fosse desejo de qualquer dos outros concorrentes, ser leiloada entre os pilotos, sendo que o preço base do leilão seria o custo da moto de série (ou competição cliente) que dava origem à moto de fábrica em causa!

 

 

 

Em teoria, isto condicionaria o desenvolvimento e o custo das motos de fábrica, ninguém iria gastar 10 para vender por 5, com a agravante de eventualmente entregar, de mão beijada, tecnologia de ponta!

 

Não tenho conhecimento de esta regra ter criado grandes convulsões, o que, no meu entender, indica algum acordo tácito no paddock!

 

 

Ainda assim, reza a história (não confirmada...) que em 1974, nas 200 Milhas de Daytona, Christian Léon terá adquirido, por 5.000 USD, desta forma a moto de fábrica utilizada por Giacomo Agostini para vencer a corrida!

 

É um facto que no dia seguinte a YAMAHA TZ 750cc do italiano estava de volta à sua equipa, contrariando a ideia de que as motos de fábrica eram iguais ás dos outros pilotos, caso contrário não valeria o esforço de a YAMAHA a re-comprar a Christian Léon que, forçosamente, nesta operação, terá que ter embolsado um bom lucro!

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

diminuido logo 02.png